quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Prêmio Saia Suja da Semana

O Prêmio mais adorado do momento ficou off por umas semanas. Há tanta coisa ruím merecendo ganhar que acabamos olhando mais para os musos dessa vida. Corrigindo esse descuido, o prêmio vem muito recheado nesta semana. 
Pra começar vamos premiar todo o Poder Judiciário! Uma instituição que parece rir de nós sempre que precisamos dela e que nesta semana resolveu restringir o poder do Conselho Nacional de Justiça. O Conselho por sua vez não gostou de perder poder e foi taxativo: há 35, TRINTA E CINCO, desembargadores sob investigação. É ou não é um exemplo de toga suja!? Parabéns Poder Judiciário e seus 35 desembargadores safadeeenhos, vocês levaram o troféu.
Só que não levam sozinhos, o Prêmio ainda fará uma homenagem ao Governador do Estado, Geraldo Alckimin e as brilhantes medidas tomadas esta semana para sujar a saia das colegiais do Estado. Primeiro anunciou a diminuição do número de aulas de Português e Matemática, como desculpa, usou o aumento das aulas de Sociologia, Física e Química. Pedagogos e especialistas se dividem, como é comum na Educação, mas a pergunta que não quer calar é "Por que a escola pública sempre tem que perder algo pra ganhar melhorias?" Dois dias depois, novo anúncio super legal: Retornar a repetência ao 7º ano. Antes de acirrar os ânimos sobre isso, que divide muito o senso comum e os especialistas, coloco a questão central. Métodos de avaliação devem ser condizentes com os métodos de ensino. Que método é esse do ensino estadual paulista, que hora permite a repetência, hora não permite e em séries/anos aleatórios!? O problema é mesmo a avaliação? Ou é sistêmico? Portanto, Governador, fique esperto. Quem passou por boas escolas públicas há anos atrás, está de olho em você para ganhar nosso prêmio! 

terça-feira, 27 de setembro de 2011

MSMJ FM: Lana Del Rey

Hoje temos aqui na emissora um convidado especial. Essa é a prova de como nossos adorados homens e o seu olhar masculino sobre as coisas é bem vindo ao blog. Com vocês Lana Del Rey por @alexandrepera


Nascida há apenas 24 aninhos, Lizzy Grant vem encantando cada vez mais gente com sua voz poderosa e seu estilo retro.
Em um mundo onde se olha muito para trás, que tem como hits aplicativos para fotografias como o hipstamatic (que emula cameras plásticas feitas nos anos 70), a cantora foi paradoxalmente descoberta por postar um video no youtube, chamado "Video Games".
Ao escutar "Video Games", Lana nos introduz (sim, nossa geração não viveu isso - e  nem ela) os bons ventos dos anos 60 e 70.
E ela canta sobre o Amor.
A garota que me lembra Cilla Black, uma das cantoras preferidas de Morrissey, e algo de uma suposta melancolia ecoa a filha famosa de Sinatra.
"Tell me all the things you want to do, I heard that you like the bad girls, Honey, is that true?"
Pequena Lana, você é uma Bad Girl? Porque, você sabe, boas garotas vão para o céu, mas as garotas más vão à todo e qualquer lugar, inclusive sem a necessidade de pedir licença para entrar...
"I'm in his favorite sun dress, watching me get undressed..."
Sim Lana. A visão de um verão ao seu lado é como um sonho, ainda mais quando ao escutarmos você cantar, abrimos os olhos e reparamos em sua boca... em um mundo quase perfeito, Angelina Jolie cantaria; mas em um mundo onde perfeição é ter a exata noção do que é ser uma bad girl e partir nossos corações, você canta.
E nos diz coisas como "It's you, it's you, it's all for you, Everything I do, I tell you all the time".
Lana, você está mentindo para mim? Talvez, embora você não esteja mentindo para o mundo todo, que nesse momento fica feliz com a notícia de que vai você vai fazer duas apresentações, nesse setembro. Antes mesmo do lançamento de seu primeiro disco oficial, que claro, será lançado em vinil 180 gramas...
Mas, moça, embora seus vídeos me lembrem a Los Angeles de David Lynch,  tenho que discordar de algo que vi em seu twitter (@LanaDelRey): "Wild Hearts Cant be Broken".
Impossível - você acaba de quebrar o meu.


domingo, 25 de setembro de 2011

Homens gostam de apanhar!


Tem coisas nessa vida que dizem que nunca iremos ter a resposta.
E uma delas, talvez eu nunca saiba/compreenda/aceite... o que exatamente? O título do post 'Homem gosta de apanhar' [que na verdade é no sentido de ser mal-tratado].

Tá tá tá, já sei.. irão aparecer os cuecas aqui e vão falar que não é bem assim, ou que, com mulher acontece o mesmo, blablabla.. Mas pra mim chega. CHEGA.

De uns anos para cá, as minhas opiniões só foram reafirmadas pelo público masculino. Então, homens, a culpa é de vocês, não minha. Não fui programada a ter isso como verdade.. Fui aprendendo com experiências minhas e de amigas.. muitas amigas.. muitas experiências, resposta em comum: Homem gosta é de um esculacho, de um 'pouco me importo com você', 'tu não faz diferença na minha vida'.

Chega a ser patético. Aliás, é um desgosto!... Homens adoram um joguinho [playstation já existe pra isso! - mas pra eles foi pouco, né] e não conseguem de forma alguma lidar com mulheres que são 'diretas e retas', que não ficam embaçando no meio de campo [afinal, ninguém tá jogando futebol aqui também].
E não venham me falar de charme. Charme é uma coisa. Joguinho-amoroso é outra.


Se alguém ainda não entendeu do que estou falando, é disso:

'Chega o cara. Ele tá a fim de você. Você não [ou AINDA não]. Ok. Ele fica correndo atrás, e você não corresponde, mas não porque tá brincando com o coração dele, apenas porque não tá a fim, oras. Daí, chega uma hora que o cupido [burro da porra] te acerta e seu coração fala '-Vai!!'. E você diz 'sim'.. e sorri para ele.. e se apaixona.. e seus olhos brilham.. e tá tudo muito lindo.. quando de repente, o cara que era tão doce começa a ser estúpido/grosso; entra em "crise existencial" e não sabe mais se te quer; não te enche mais de sms's; aparece sempre offline no msn; fica pobre do dia pra noite e alega não ter dinheiro para ir te ver, ou então, te dá um 'bolo'; te trata com indiferença. Etc etc etc...'

Final da história:
A garota se enche e decide cair fora.

Não, ops, isso não é o fim da história.. é começo de uma.. ou o recomeço:

'... garota pega desgosto e quer que o cara vá se lascar!! Atitudes do cara: volta para o momento 'doçura'; mais atencioso impossível; mimimi-tchururu-nhênhênhê.'


Epílogo:
Se a garota tiver se apaixonado de verdade, um 'pé-na-bunda' está a caminho.
Se ela não tiver se apaixonado [parabéns, ''colhéga!] e SUMIR antes, ok.. Mas se ela se enrolar no 'caso ou compro uma bicicleta?' [dãr], o senhor-playstation vai ficar com ela mais um pouco até o momento que ele encontrar outra - afinal 'os mesmos comandos de um jogo cansam e o mesmo cenário também'.

...

Meninas e mulheres que estão lendo: quando pensarem em Homens, lembrem-se da foto deste post! E, melhor: na cabeça de vocês, desenhem coraçõesinhos ao redor do cara ali, porque é disso que eles gostam: de uma boa raquetada e voadora no baço.

Com todo o meu amor,
Kelly.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Satelite Head Shot!


O MSMJ entrou na brincadeira que rolou hoje o dia inteiro na net, sobre onde deveria cair o satelite da NASA. Perguntamos em nossa página do Facebook, em quem eles gostariam que uma das 26 partes do satelite caísse. A seguir, as melhores e mais curtidas respostas:

1. Claudia Leite no Rock in Rio: a mais votada de todas as opções levou o prêmio Satelite Head Shot;
2. Ex-sogras jararacas;
3. Ex-chefes e chefes perseguidores;
4. Zynga - a criadora do Máfia Wars;
5. Rodeios;
6. Pessoas que maltratam animais;
7. Congresso Nacional;
8. Câmara dos Deputados;
9. Atuais dos ex-maridos e/ou namorados;
10. Estúdios da Rede Globo;
11. Terroristas;
12. Criadores do primeiro reality show;
13. Pessoas que escrevem anCioso;
14. Colegas de trabalho irresponsáveis;
15. Quem bebe e dirige;
16. Bandinhas fuleiras da moda;
17. NX Zero no Rock in Rio;
18. Milton Nascimento no Rock in Rio;
19. Assaltantes e deliquentes;
20. Telefônica;
21. Pessoas que maltratam crianças;
22. Pessoas que não têm comprometimento com os outros;
23. Intolerantes e preconceituosos de toda espécie;
24. Reginaldo Rossi;
25. Pessoas que acreditam que quem escreve sobre sexo faz sexo com qualquer um e,
26. Programadores do novo layout do Facebook.

A lista de leitores que contribuiram passou dos 30, agradecemos a todos! E vocês, pra quem dedicam um Satelite Head Shot?

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Pra esse eu tiro a saia - Adam Brody

Sabe quando você olha um cara e pensa, ele é meu número???




Desde o primeiro dia que eu assisti The O.C , eu me encantei por seu personagem, cara fofo, apaixonado e meio nerd. Além de ser charmoso (esse cabelinho ondulado me ganhou) e ter estilo ( pra mim estilo, conta muito mais que beleza) é o cara que além de tirar a minha saia eu apresentaria para minha mãe.



Um beijo pra você Adam delicinha!!

terça-feira, 20 de setembro de 2011

2º episódio - O Banheiro encantado


Eu e o Rodolfo resolvemos comemorar o nosso aniversário de casamento em um restaurante chiquetésimo de São Paulo. Dei o maior trato na pessoa, vestido, salto alto, cabelo preso, até parecia aquelas peruas que mostram a casa nas revistas de desocupadas. Um lugar lindo, mesinhas, talheres de tudo quanto é jeito, garçom puxa a cadeira pra sentar e toda purpurina necessária. E depois de traduzir o menu e conseguir pedir algo possível de comer, é lóóóóóógicoooo que, pobre que é pobre, tem que ir ao banheiro.

Não sei por quê, mas eu adoro chegar nos restaurantes fofos e ir ao banheiro acho que deve ser para ter certeza que o lugar é limpinho, porque “nóis” é pobre mas é limpo! Uma graça o banheiro, parede de água descendo, pia de madeira sobre a bancada e o sabonete líquido para lavar as mãos?! Ficava numa tinazinha de madeira com colherzinha para você colocar...uma GRAÇA!

Mas tinha uma pessoa usando o....o...o.....put´s procurei no Google uma tradução melhor mas não achei, então vai essa mesmo: tinha uma pessoa usando a cabine da privada (éca).

Enfim, a Fofa saiu da cabine da privada e quando eu vou entrar, caem TODOS os meus bobs, ELA não deu a descarga!!!! Não era o nº2, mas poxa, tinha feito xixi e não deu a DESACARGA? Como assim???? No meu banheiro encantado, aquela bruxa não deu a DESCARGA???

Virei pra ela na hora que ela estava abrindo a torneira da minha pia linda e perguntei:

- OI! Você não vai dar a descarga???

A VACA me mediu dos pés a cabeça e me disse um sonoro e único:

- Não. E saiu andando. Sim!! Sem lavar as mãos e sem dar a DESCARGA!!!!

Fiquei Puuuta, baixou a barraqueira, comecei a dar a descarga, falando sozinha...tipo..vaca, porca, como pode? Vem no banheiro lindo desses, blá, blá, blá... Coloquei DOIS protetores de vaso, imagine que euzinha ia sentar onde aquela porca sentou sem proteção dupla, fiz o meu xixizinho básico, DEI a descarga, lavei as mãos umas 30 vezes (o sabonete era muito cheiroso, cremoso, delicioso) e saí do banheiro.

No caminho para a minha mesa, eis que vejo, sentado na mesa linda, a Porca com um cara. Ela falando baixo, parecia a mulher mais fina desse mundo, tipo a Silvia Pfeifer...ah, mas não deu outra, nem pensei, nem respirei. Me dirigi a mesa, olhei para o cara que estava com ela e disse:

- Oi, Boa noite. Só para o seu conhecimento, essa mocinha que está te acompanhando é uma Porca. Ela Fez xixi, não deu a descarga e o PIOOOOOR (dois tons acima) ela não lavou essa mãozinha depois que fez o xixi. Enfim, é uma PORCONA(três tons acima)!

O cara começou a rir e ela começou a falar que eu era louca. Virei as costas e sai andado, aliás rebolando, quase pulandoooo...
O que aconteceu com o casal, não sei, nem sei se o cara era namorado, não quero saber e tenho raiva de quem sabe.
O que me interessa é que aquele banheiro vai ser encantado sempre para mim!
Banheiro, Sua FOFA, adooorooo você, te garanto que aquela Porca nunca mais vai te deixar sujinho e sem DESCARGA!




Histórias engraçadas, absurdas acontecem todos os dias, e após o sucesso do 1º episódio do seriado, resolvemos ampliar a ideia, para que todos os nossos leitores, compartilhassem conosco esses momentos. E para preservar os personagens reais dessas histórias, criamos 2 personagens fictícios, Talita e Rodolfo.

E quem tiver interesse de contar sua história nos envie um e-mail msmj.blog@gmail.com

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

MSMJ FM: Garbage






Garbage, que de lixo não tem nada [garbage em português significa lixo], é uma das minhas bandas preferidas há uns 10 anos já. =)

Músicas e letras muito bem-feitas + voz única de Shirley Manson = não tem pra ninguém.

Aliás, me identifico muito com as letras.. São provocantes e expressam muito do que eu gostaria de dizer sobre homens, mulheres, sociedade, tudo. Adoro ouvir Garbage quando tô 'rambona [principalmente quando o alvo da raiva é homem], quando to me sentindo insegura [sério], quando to 'mimimi' e quando estou feliz e serelepe. Músicas para todos os dias. ;)



sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Entrevista do mês: Priscila Valdes

Este mês nossa entrevista é uma pessoa a ser descoberta pelos nossos leitores. Na tarde de hoje, Priscila nos encantou com seu jeito calmo e sua vontade de fazer da vida algo melhor e mais livre.

Mica: Pri, começa contando um pouquinho de você, se apresentando para as meninas e os leitores.

Pri: Bom, meu nome é Priscila rs Trabalhei como jornalista no Brasil, sempre fui meio ativista das causas sociais, trabalhei numa ONG internacional, acreditava que ia acabar com a pobreza e mudar o mundo. Hoje eu me contento em transformar o meu mundo.

Kelly: Uau, boa apresentação! hmmm.. Vamos por partes.. sobre ser jornalista, como você começou sua carreira?

Pri: Eu na verdade queria estudar Química, minha vó me convenceu a estudar jornalismo porque assim iria viajar o mundo, ser rica e aparecer na Rede Globo. Bom... Não foi bem isso o que aconteceu rs Meu primeiro emprego como jornalista foi numa ONG internacional chamada CARE, que luta contra a pobreza mundial. Fiquei lá por 5 anos e depois decidi fazer outras coisas, trabalhar com MKT Digital e mudar totalmente de área.

Kelly: 'na Rede Globo' huaehuahueuaehua... Mas caramba, na CARE?!?! Já ouvi falar bastante desta ONG.. então, digamos que começou bem, né?

Pri: “na Rede Globo” hahahaha, sabe como que é sonho de vó, né?! rs Comecei bem, eu acreditava piamente que poderíamos mudar o mundo e acabar com a pobreza. Confesso que depois de um tempo, deixei de ser tão ambiciosa.. rs

Mica: Lembro que nós conversávamos muito sobre como alguns ativistas estavam mais preocupados com suas carreiras do que com o resultado do seu ativismo. Vem daí a ideia de mudar o seu mundo?

Kelly: Puxa, eu não sabia desse outro lado dos 'ativistas'’.. fofoca aí pra gente.. hehe

Pri: Hoje eu acho que as instituições deixam tudo mais burocrático, mas existem pessoas incríveis fazendo muitas coisas legais.

Kelly: Daí você se decepcionou e quis mudar tudo na sua vida.. Foi isso?

Pri: Ah, mais ou menos isso. Na verdade acho que a gente precisa se reinventar a todo o momento. É bacana e saudável... Já tava bem cansada do Jornalismo e, aliás, nunca gostei muito de escrever rs

Mica: Olha que revelação! rsrs E como foi escrever tanto para dois blogs sem gostar?

Pri: hahahahaha pois é... O ser humano e suas contradições... rs O Betsy (e seus balões coloridos) nasceu de uma vontade de compartilhar momentos bacanas entre amigos. Achava que o blog iria bombar e daríamos entrevista no Jô Soares. Hoje acho que é um relato bacana de boas experiências rs

Mica: E o convite do 7 Cronistas Crônicos?

Pri: O convite veio numa hora super complicada, tinha acabado de chutar o balde e de repente, estava eu lá - uma jornalista que não gosta de escrever, escrevendo crônicas toda a semana. Só sei que eu curti muuuuuiito tudo aquilo, conheci uma Priscila até então desconhecida. Escrever é terapêutico e ajuda a lidar com as nossas limitações.

Kelly: Aproveitando a pergunta da Mica lá em cima.. sobre 'mudar o seu mundo' hmmm... isso é uma constante em sua vida? Você se dedica mais à si, tipo, querendo mudar a si mesma?

Pri: Bom... Na verdade, eu acho que não faz sentido a gente pregar mudanças externas quando tem tanta coisa ainda pra aceitar internamente. Foi meio por isso que decidi rever minha vida, e, aos 33 anos, decidi mudar os planos e mudar de país. Foi meio radical, mas essa decisão me fez uma pessoa melhor.

Kelly: O preço para mudar radicalmente sua vida foi alto? Você chegou a sofrer com isso tudo? Ou foi mais prazeroso do que desgastante?

Pri: Foi terrível ...rs ahahahah Não, não quero desanimar ninguém, mas imagina só, eu passei o inverno europeu sozinha, sem amigos, família, namorado e ...pior - sem sol!!!! rsrsrs Aqui no inverno rigoroso temos 5 horas de dia. E eu, que sempre fui uma pessoa do DIA, tive que conviver com isso sozinha e sem ninguém para culpar - afinal, essa decisão foi totalmente minha. Eu costumo dizer que se sobrevivi ao inverno aqui sozinha, posso enfrentar qualquer coisa rsrsrsr Com tanta solidão e solitude, aprendi a conviver e a gostar de mim, a minha única e fiel companhia rsrsrs

Cláudia: Essas mudanças vem sempre acompanhadas de algum acontecimento? Ou você pensa “poxa minha vida não ta legal, vou mudar”?

Pri: Não, não teve um acontecimento em especial. Sabe quando você olha pra sua vida e acha que está tudo muito “boring”? Então, foi meio isso. Outra coisa, morar no exterior sempre foi um sonho antigo - conhecer e vivenciar culturas diferentes da nossa é muito, muito especial mesmo. E imprime “movimento”, amo essa palavras rs...

Mica: Seeeeei! rsrs E como é Londres hoje para você?

Pri: Bom... Londres é fofa. Passei aqui por situações totalmente diferentes das que eu vivia no Brasil. Ano passado eu mudei de casa 5 vezes, morei com 12 pessoas dividindo um banheiro, distribui folhetos na rua e vendi coxinha na feira... rs Hoje moro com um francês e uma tailandesa. Trabalhei com poloneses, nigerianos e lituanos. Tudo aqui é diferente. E encantador.

Kelly: hahah que máximo!! Pri, por que Londres? A escolha foi ao acaso, ou, ao estudar jornalismo, você conheceu alguma peculiaridade que foi relevante para a escolha desta cidade?

Pri: Ahhh, Kelly, boa pergunta! rs Londres foi uma decisão extremamente prática - eu tinha passaporte italiano, queria melhorar o meu inglês e pronto - minha única opção era a Inglaterra. Pra ser honesta, se fosse para escolher, minha cidade do coração é Berlim, mas aprender alemão depois dos 34..rs Não sei não, muito desafiador pra mim hahahahahah

Cláudia: Tem algo de que se arrepende nisso tudo? Que se, pudesse voltar atrás, faria diferente?

Pri: Ah, Claudinha, honestamente não me arrependo de nada. Hoje o meu patrimônio cabe numa mala, essa sensação de liberdade não tem preço. Claro que passei momentos muuuuuiiito difíceis, mas faria tudo de novo, do mesmo jeito. Quebrar a rotina é difícil, mas extremamente libertador.

Mica: Sente falta do Brasil?

Pri: Todos os dias. É engraçado que eu trabalho numa financiadora aqui e atendo clientes do mundo todo - toda vez que eu falo que sou brasileira, eles abrem aquele sorriso. Amo Brasil, amo São Paulo. Mas meu coração é bem grandão e cabe o mundo todo rsrsrsrrs A coisa que eu mais sinto falta aqui, vocês não vão acreditar - mas é de um bichano de quatro patas. Morro de saudade de ter gato, cachorro...

Cláudia: Pri, quando eu crescer eu quero ser igual você, você fez tudo que eu tenho vontade de fazer. Seu compromisso é com a liberdade e eu tenho isso como meta de vida. Sou sua fã hahah

Pri: Ahhhhh que fofa!!!!

Kelly: Own... mas o que acontece? Eu te entendo, porque adoro bichos também.. aliás, nós três aqui do blog adoramos animais.

Pri: Eu divido casa com outras pessoas e é bem difícil ter um bichano por aqui, você paga imposto e tem que provar que tem condições de cuidar... O que infelizmente não é o meu caso. Que máximo que vocês gostam de bichanos, eu desconfio de pessoas que não gostam hahahahahah

Mica: hahahahhaha nós também! Pri, pra encerrar, fala pra gente como você olha essa coisa homem-mulher que tanto discutimos aqui no blog.

Pri: hahahaha ai Mica, essa coisa homem e mulher é totalmente necessária hahahahaha. Mas relacionamento é uma coisa complicadíssima, mas nos torna mais “humanas”, eu acho... Tenho acompanhado um blog - Cem homens - que a garota que escreve é jornalista e faz sexo casual. Precisa ver como as pessoas ainda não aceitam as mulheres como donas do seu próprio corpo.

Kelly: Também já li esse blog e já vi algumas críticas que a moça recebe. O povo ainda não se acostumou com o fato de que mulheres sentem tesão tanto quanto os homens. Pri, adorei te conhecer, poderia falar horas e horas com você..

Pri: Amei tambem, viu?! Estão todas convidadíssimas para uma temporada em Londres!!!

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Pra esse eu tiro a saia: Julian Casablancas


Lindo, simplesmente lindo.

Tem coisas nessa vida que são engraçadas.. a gente olha a foto de um cara e fala 'ah, nem vi graça'.. daí, você vê um vídeo, vê o cara conversando, o seu jeito, e pronto.. Se apaixona!
Meu caso com o Julian foi assim. Para quem não sabe ele é vocalista dos Strokes.. e, anos atrás, eu não ligava nada para essa banda.. daí, sei lá, esse ano me deu a louca de baixar a discografia e viciei... então fui ver os vídeos e aí sim entendi porquê falavam tanto desse cara...
Rock n' Roll na medida certa, cheio de Atitude e Charme ÚNICO.

Outra coisa que gosto nele, é que o cara é casado e assume a 'aliançona' no dedo anelar esquerdo numa boa.. Detalhe bobo, porém, eu curto #prontofalei... hoje em dia é tão fácil conhecer pessoas que acham tudo careta e tal, que ver um cara novo casando bonitinho se tornou coisa rara. [não vou falar o que eu acho que é certo ou errado ou blablabla, só to falando que curti]..

Por essas e outras, sim, pra você eu tiro a minha saia Julian-delicinha!



terça-feira, 13 de setembro de 2011

1º episódio - O presente de Natal


Para estrear o novo quadro do MSMJ …. Minha vida daria um seriado de TV. 

Um post sobre uma das "coisas engraçadas" que acontecem na minha vida, que na hora eu penso. “ Será que isso só acontece comigo?!?!?”.

Véspera de natal de 1900 e bolinha, eu e meu namorado da época, estávamos passeando no shopping, para escolhermos os presentes de natal.

Eis que entramos em uma dessas lojas de departamento, e na seção de acampamento, ele manda …

- Olha amor que legal.

Eu sem prestar atenção no que ele estava mostrando respondo.

- Nossa legal mesmo. E continuo olhando fixamente para alguma outra coisa interessante, que eu na minha santa ingenuidade, achei que ganharia de presente.

Chega o dia das trocas de presente. Ele chega em casa com um pacote de presente muito, muito grande.

Nossa imaginem minha cara? Fiquei toda frenética, comecei a abrir o presente, ansiosamente pois nem imaginava o que teria dentro daquele pacotão. Cada parte da embalagem do presente que aparecia, minha cara mudava. Eu pensava, calma, deve ser brincadeira, dentro da caixa, vai ter outro presente é pegadinha, me apeguei ao otimismo e continuei abrindo, quando enfim abro a caixa e dentro dela tinha????? Pasmem, um colchão de ar de casal. (alguém ai já ganhou um trem desses de presente de natal, aniversário????)

Vocês devem estar pensando, mas pra quem acampa é um presente legal.

Dai eu respondo: Sim, pra quem GOSTA de acampar, deve ser demais. Mas EU detesto acampar, nós nunca acampamos. Não sei de onde esse abençoado tirou essa idéia brilhante (mentira eu sei, foi do olha amor que legal isso).

Mas o pior, sim teve uma parte pior, ele pegando o colchão vazio de dentro da caixa e enchendo com aquela bombinha de ar, todo feliz me ensinando de como EU deveria fazer para encher o colchão. Imaginem a minha cara vendo aquele trambolho na minha sala. (Na hora eu só conseguia pensar " MY GOD no meu aniversário, ele vai dar a barraca, pra completar o kit acampamento")

Mas como eu sigo a filosofia de vida da Pollyana e o seu jogo do contente, eu falei:

- Amor que lindo, vamos ver se o colchão é tão resistente como diz na caixa,  depois você vai tirar o ar dele, dobrar direitinho e colocar dentro da caixa e trocar por outra coisa tá?


segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Te Quiero


Kelly: Homens reclamam de não encontrar a pessoa certa; nós, Mulheres, idem. Mas daí, a gente para pra pensar e vem aquela frase '-Quer dizer, quem eu quero não me quer'. E por aí vai.. porque sabemos que sempre há alguém a fim, a gente é que nunca está a fim de quem tá a fim da gente.. o problema de todos.. pior que problema chato de matemática.


Cláudia: Exato. Quando aparece alguém que está a fim da gente, sempre procuramos achar defeitos para a pessoa. Ah, ele é meio estranho, ele é feio, tem barriginha. Dai vivemos naquela eterna busca, pelo príncipe encantando.


Kelly: Às vezes, tenho impressão de que esse é um problema do ser humano: afinal, uma das nossas buscas é encontrar ALGUÉM.. e quando a gente se depara com a solução, a gente bloqueia, porque entra aquele sentimento de '-Mas já?', como se fosse perder a graça depois disso.. Sério.. às vezes eu encuco com essas coisas. É algo meio contraditório: como se a gente gostasse dessa situação, sabe.


Cláudia: Então, homens e mulheres do meu Brasil, o problema não é a falta de pessoas do sexo oposto para se relacionar, o problema é a gente não querer quem quer a gente. Vai enteder, né?


Kelly: É o problema do 'timing' [que o povo costuma falar].. A pessoa gosta de você, você não. Daí a pessoa desiste e você se apaixona.. Poxa, porque tudo não podia acontecer no tempo certinho? Mas não..


Cláudia: Nãoooo.. a gente gosta das coisas sempre com muita emoção, nada de coisa fácil. Só é bom quando tem sofrimento hahahhahaha. Quando acontece assim muito simples a gente até estranha.


Kelly: É!! A gente reclama reclama da vida, mas quando a vida manda as coisas, a gente quer o 'sufoco' junto.. porque senão, não tem graça.. que coisa..


Cláudia: Mas fica aqui meu conselho, dê oportunidade para aquele menino feinho, estranho que senta lá na primeira carteira da sala. Vamos experimentar o novo, chega de padrões de beleza, chega de seguir essas regras idiotas que a sociedade nos impõe.


Kelly: hahahah.. Boa! Meu conselho seria: dê chance se você perceber que no fundo no fundo tem uma quedinha por aquele cara que tá tão a fim de você.. porque nunca se sabe.. os sentimentos surgem.. Ao mesmo passo que, às vezes, aquele cara que você ama, vocês ficam juntos e depois você desencana [ou vai falar que isso nunca te aconteceu?]. Ou seja, tudo pode acontecer nessa vida.


Cláudia: Se permitam, se libertem e sejam felizes!!!!

sábado, 10 de setembro de 2011

MSMJ FM: Florence + The Machine


Eu só tenho motivos para elogiar Florence, a começar por esse nome tão sacado. Aí posso falar da voz, dos figurinos, dos vídeos diferenciados, do estilo... e no final vou dizer: eu adoro tudo que essa mulher faz! A primeira música que ouvi foi essa "You`ve got the love". Acho que gostei de cara porquê ouvi três vezes seguidas. Então corri no you tube ouvir mais coisas e gostei de tuuuudoooo. Como minha preferida ainda é essa, queria muito postá-la aqui. Mas minha sobrinha de 18 anos, que adora me impedir de ser uma mulher ultrapassada, me alertou para um detalhe: "ai tia mica, mas essa música é super velha, é de 2010"... E isso foi no post da Janelle. Imaginem agora, se ela entra aqui e se decepciona com a tia postando uma de 2009!!! Para evitar os traumas e me manter cool, posto também uma de um álbum que nem foi lançado ainda! Viu, a titia aqui continua vanguarda! "What the water gave me" é a música de trabalho do álbum que será lançado em 31 de outubro próximo. Se o álbum inteiro for assim, só tenho uma palavra: incrível!

video

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Pra esse eu tiro a saia: Selton Mello

Eu pago pau pro Selton desde que ele tinha cabelo comprido no estilo Bethania, encaracolado. Na época, poucas pessoas notaram que por debaixo da juba tinha um cara muito interessante. De lá pra cá vejo tudo o que o rapaz faz. Totalmente fã. Agora imaginem eu, linda e morena, andando pelos corredores do meu trabalho e de repente quem está fumando no jardim!? Quem!? Ai o meu Selton! Eu virei estátua olhando por uns minutos. Antes que se tornasse um mico voltei pra minha secretaria. Mas aí fui obrigada a sair pra levar uns documentos e com quem eu cruzo no corredor!? Juro. Eu passei do lado dele. Devo ter ficado vermelha, eu tremia. Esse homem é muito melhor ao vivo. Enorme, eu tenho 1,74m de altura e bato no ombro dele. As mãos são grandes daquelas que seguram metade das suas costas no abraço, barba por fazer, casaco preto, camiseta branca, jeans, cheiroso! Ah! É o homem da minha vida! Acho até que é por isso que o destino me jogou no vilarejo, o Selton não sai daqui para pegar graninha pros seus filmes... Uma hora rola heim!
Pra esse não é só tirar a saia, é casa, comida, roupa lavada, me traia quando quiser, mas garanta uma por noite, seu lindo!

domingo, 4 de setembro de 2011

Nossa, nossa, assim você me mata! Delícia, delícia, ai se eu te pego, ai ai..


Mica: Sábado a noite: uma bêbada, uma cansada e uma tarada tentando fazer um post novo. A coisa não sai, mas em cada 10 palavras, onze são sexo. A verdade é que sábado a noite é dia de sexo, né!? E nesse a gente está sem ele, então temos que falar disso já! 

Kelly: hauehuaheua, eu sou a tarada?? huheuahueha
Cláudia: Claro, sexo é vida!!!!!!! (propaganda de estimulantes sexuais)
Mica: hahhahahahaha é sim Kellynha, mas se não contasse nossos leitores nem iam saber! hahahahahhahahaha 

Kelly: Hoje eu to muito juvenil.. segunda pegadinha que caio hoje.. pqp!
Cláudia: Alguém mais aí vai assumir o estado em que se encontra??? Ou só a Kelly? Vamos deixar o pessoal só imaginando?
Mica: Se eu me entregar, te entrego também Clau...
Cláudia: Mas voltando ao assunto em questão. Essa semana, fui ao médico, nas últimas semanas minha cabeça anda doendo demais, diante disso resolvi procurar um neuro. Depois de alguns exames, algumas perguntas, ele dá o diagnóstico: Minha filha você precisa liberar serotonina, muita serotonina, mas só a academia não irá resolver seu problema. Oi? Acho que o médico estava me sugerindo zegzo, né?

Kelly: Acho que a verdade é a seguinte: Muitos médicos adorariam falar isso logo para os pacientes.. mas deve existir aquele lance de ética lá.. então.. mas a real é que ele está certo.. sexo cura muitas coisas, vamos falar a verdade.. Cabelo e pele ficam uma beleza... e ficamos bem-humoradas. Fato.
Mica: Ah, um bom sexo me deixa super mulher! Adoro isso! Nada como o dia seguinte, a roupa fica mais legal no corpo, o olhar sorri, fico me achando. E sexo ruim tem o poder contrário, infelizmente...
Cláudia: Quando você vê alguém de mau humor, logo você pensa. Essa dai dormiu de calcinha essa noite hauhauhu
Kelly: Nossa, Mica, verdade!! Sexo ruim acho que tem o efeito contrário, mas em dobro!! Cruzes!!
Mica: Pior do que ficar sem sexo... afinal siririca é bom. Mas sexo ruim é ruim e ponto.
Kelly: Nada como uma boa pegada e um cara sem frescura.. aquele que te pega pelo cabelo sem medo de errar.. Homem-macho, tá em falta.
Cláudia: Homem assim, Kellynha, está em extinção, muitas já escutaram a respeito, mas pegar um que é bom nada.
Cláudia: Gentem, não ta saindo, rs
Mica: Na verdade clau, não tá entrando hahahahah piadinha infame
Mica: Nós introduzimos vários assuntos, mas não falamos de nenhum hahahahah tem tema para uns 5 posts aqui: sedução, sexo bom, sexo ruim, pegada de macho e a falta de macho no mercado hahahahahahhaha
Kelly: hauehuaehuaheuhauehuaheuhuaeuha
Mica: hhahahahahahahha Se eu transar denovo até o fim do ano já fico contente heim hhahahahahaha (reparem no denovo)
Cláudia : huahuhauhauhauhauhauhauhauha
Kelly: hauehauheuaehuauhehuae
Cláudia: A Mica andou pegando esses dias né??? Fez tratamento de pele? Meu, pensa, sexo é o melhor tratamento de pele que existe é de graça e ainda te da prazer. 

Kelly: Minha pele está uma porcaria.. hehe =/
Mica: Nada de químicas, lasers, dores, nada disso! Só prazer e a pele renovada! Vamos montar uma clínica?

Cláudia: Depois que o médico me receitou liberar a serotonina sem limites, estou ai né?Afinal não podemos contrariar a orientação médica. Mas gente, cá entre nós, como está dificil pra liberar essa tal serotonina (MY GOD)

Kelly: Pensei que você fosse escrever 'liberar a xana', hahahahahahaha
Mica: Sabe o que é pior? Que vai chover neguinho com piadinhas do tipo “vem cá que eu libero a sua serotonina” e tal. Mas já repararam que só os chatos e os ruins de cama se oferecem desse jeito!? Porque homem bom não chega? (ps: mais um assunto hahahhaa)
Cláudia: Porque eles não precisam?? Porque a demanda é grande pra eles, e não estão dando conta de atender a todas??
Kelly: Falou tudo, Mica.. Ah meu, não to a fim de piada do tipo 'vem aqui que eu resolvo'. Ter vontade é diferente de 'para qualquer um'. =P
Mica: Alguns dizem que nós é que somos exigentes, que não sabemos o que queremos e tal rsrs.. acho isso limitado. Eu sei exatamente o que quero. Mas é difícil a tal da sintonia e sei que isso é normal, com a maioria das pessoas é assim. O que ninguém pode me impedir é de reclamar! rsrs
Cláudia: Minha amiga sempre me fala. Fica ai negando essa mixaria ai que você vai ver só ahuhauhuahuahuahauhua. Aproveita que ela ainda ta nova hahahhahaha

Kelly: ahuehauehaehaueuhaehuahueuha.. se eu pensar muito nessa parte de estar nova ou não, eu piro!
Cláudia: Eu sou exigente mesmo, é mixaria, mas eu não dou ela pra qualquer um não huaahuahuhaauauh
Kelly: Também não to na fase 'Rita Cadillac-putona' pra oferecer a minha pra qualquer um não. =P
Mica: Eu sou homem rsrs. É sexo? Deu tesão? Vamos lá. O lance é dar tesão. Porque aí eu sou mulher. Tipo só ter pinto não dá tesão. Só ter músculo também não. Mas confesso que sou tonta e papo me leva, um bom papo me leva.
Cláudia: Então, no fim estamos falando da mesma coisa. Tem que ter a tal da química pra dar certo. E tipo, quando o beijo não bate, meu bem cai fora, porque o resto também não irá bater.
Kelly: O lance é a química. A gente pode ficar horas tentando explicar.. mas quando rola a química, o cara pode até ter uma característica que fizesse a gente broxar antes, mas no final, acaba em sexo do mesmo jeito.. você até esquece. Concordam? Eu por exemplo, broxava com cara que tivesse péssima ortografia [hauehauea, coisa minha].. mas daí que já me apaixonei horrores por um que escrevia tudo errado.. e o sexo foi um dos melhores que tive.
Cláudia: Eu tenho tara por mão, gente se a mão for feia, não adianta não rola. Homem de mão grande e dedo quadrado é tudo nessa vida Uiiiii
Mica: hahahahhaha.. Eu gosto de cara inteligente, por isso digo que caio no papo, mas caras inteligentes não sabem cantar ninguém... infelizmente a maioria só sabe ser inteligente, o resto eles esquecem.
Kelly: Eu gosto de um monte de coisa: homens inteligentes, mãos bonitas, etc etc.. mas já percebi que quando rola a bendita química de novo, não tem jeito.. o cara pode até ser meio ogro.
Mica: Sim, pra sexo é uma coisa. Critérios entram mais em jogo se for pra ligar no dia seguinte.
Cláudia: Gentem, meu estômago tá um pouco ruim, vão terminando aí, já eu volto rs
Mica: Pronto, agora todos sabem quem é a bêbada e quem é a cansada rsrs...